27 de janeiro de 2012

Choro de menina


Postado por Carol Guimarães




Hoje
eu preciso chorar
Jogar meus dentes aos prantos
E vê-los livres para sonhar...
Não  dá mais pra ver o mundo
De uma bola de cristal
Onde tudo está seco!
Não quero cartazes
Em meu nariz
 Determinando o que devo fazer.
Dane-se a mídia, a moral e bons costumes
Serei Eu a mais subversiva de todas as mulheres
Como gosto da palavra subversiva...
E o tempo me fará chorar como um bicho selvagem
Que há muito fora engaiolado
Que viveu numa redoma de requinte
E que está pronto para chorar.
Hoje
eu preciso chorar!
Lilian farias

5 comentários:

  1. Realmente, o poema é lindo! mas aconteceu algo contigo? Sou uma boa ouvinte qualquer coisa... rs


    Beijos,
    Caroline, do http://criticandoporai.blogspot.com (tem postagem nova, viu?! rs)

    ResponderExcluir
  2. iii, também adoro a palavra subversão! Texto lindo e blog idem! seguindo.
    Beijos!

    http://morgannanil.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  3. Muito bom \õ
    As vezes temos que nos "libertar" e sermos como realmente queremos, mesmo que seja por um pouco tempo (não que não sejamos o que queremos) mas as vezes não estamos libertos por completo, e isso nos acaba. Liberte seus medos :D
    Lindo texto. Beeijão Nana ;*


    Ewerton Lenildo – Academia de Leitura
    papeldeumlivro.blogspot.com
    @Papeldeumlivro

    ResponderExcluir
  4. Texto pequeno, mas que diz tudo. Todos precisam de um momento para se libertar, para se sentir bem sendo quem é, e todos precisam de um momento para chorar também.
    Beijo =*
    http://amoressobrenaturais.blogspot.com/

    ResponderExcluir