20 de fevereiro de 2012

Nova Coluna


Postado por Carol Guimarães

Olá galerinha! Como anda o carnaval?
Como disse anteriormente estou fazendo algumas mudanças no blog,uma delas é a nova coluna: Repórter por um dia,onde entrevistarei diversas pessoas.
Então preparados para a primeira entrevista?
A nossa primeira entrevistada é a minha professora de redação Lilia Regina Dias Oliveira.


1)Fale um pouco sobre você.
Nossa! É tão difícil! Gosto de gente, A D O R O falar, sou simples e sem frescura (apesar de algumas pessoas dizerem que tenho muita cara de fresca), acho que sou boa amiga... sou curiosa,  super insegura, atrapalhada , sensível (me emociono até com fogos de artifício!) e, por mais incrível que possa parecer, sou tímida. Amo meu filho e adoro Nutella.kkkkkkkk
2)Como você se tornou professora?
Meu primeiro emprego, aos 14 anos, foi em uma escola de informática como facilitadora. Desde entao, só trabalhei na educação. Fui berçarista, alfabetizadora, orientadora educacional, coordenadora e diretora de escola, mas descobi que gosto mesmo é de dar aulas, pro ensino médio.  Acho que, pelo fato de meus pais trabalharem na educação e de ter sido criada praticamente dentro de uma escola, tudo se tornou mais fácil e natural.
3)Ao entrar na sala de aula pela primeira vez como professora, sabia o que iria fazer?
Sinceramente, sabia sim. É impressionante, mas acho que realmente nasci para isso.
4)Para você, quais são as mudanças significativas quem vem acontecendo na educação brasileira nos últimos anos?
Cada vez mais, ter uma boa formação é essencial e, cada vez menos há pessoas realmente interessadas nisso. Costumo ver muitos alunos que tem tudo (boa condição financeira, família estruturada, estudam em boas escolas) e, mesmo assim, não estão "nem aí" para a sua formação. Acham que o professor e a escola devem dar tudo "mastigado" a eles. Isso me revolta! Há muita permissividade e muitas facilidades que não facilitam, só atrapalham, porque deixam, principalmente os adolescentes, cada vez mais acomodados.
5)Você é uma professora bem humorada, eu te conheço apenas através de suas aulas e percebo uma liberdade de humor que me fascina. Como define seu humor, Lilia?É preciso certo esforço para colocar nas aulas esse seu humor?
Costumo dizer que sou a mesma "coisa" em casa, no trabalho, em família... sempre fui assim e nao consigo entender como há pessoas que "fingem" ser algo que não são, criam personagens, interpretam papéis. Às vezes, até quando estou brava, sou bem humorada.
6)Mãe dedicada que é, como faz pra levar com humor as situações difíceis da educação?
Nem sempre dá pra levar com bom humor todas as situações. Meu filho costuma dizer que uma grande vantagem que tenho é o fato de ser muito franca com ele, nao ter "papas na língua", falar sobre qualquer assunto, apoiá-lo e deixar claro meus posicionamentos. Meu filho ainda pediu que eu acrescentasse que sou bem liberal.(kkkkkkk). Se bem que, como toda "boa" mãe, tenho meus momentos de stress e chatice. 
7)Trabalhar como professora de redação deve  ser em alguns momentos difícil e em outros muito prazeroso. O que você mais gosta na sua profissão e o que te deixa mais indignada em relação à sua rotina de trabalho?
É, fácil não é mesmo. O mais difícil é driblar o desinteresse de alguns alunos e provar que redação é essencial. O mais gratificante é ouvir:"Aaaaahhhh! Já acabou a aula?!" Ou quando algum aluno compartilha seus sucessos comigo. Isso não tem preço!
8)Agora vamos falar um pouco de família. A família, na sua opinião, é a maior riqueza do ser humano?
Obviamente. Família é nosso maior bem. Quando tem algum problema, principalmente envolvendo meu filho, perco o chão. Largo tudo.
9)Dentre tantas alegrias e bons momentos que tem ao lado de sua família, qual foi o momento mais difícil para todos?
O dia em que me mudei para Ilha Solteira, só eu e meu filho. Foi muuuuuito triste deixar meu pai, minha mãe e minha irmã chorando na rodoviária, e ainda ter que demonstrar segurança, mesmo que estivesse morrendo de medo, pro meu filho, afirmando para ele que tudo daria certo e ficaria bem. Foi muito tenso!
10) Quais são seus sonhos, Lilia?
 Meus sonhos?! Fazer do meu filho um homem íntegro e feliz, me realizar profissionalmente, ter uma vida confortável e ser feliz!
11)Quer deixar alguma mensagem para os leitores do blog fome, sede e vontade de ler?
 Uma mensagem? LEIAM! Sejam curiosos, investiguem, questionem... isso é sinônimo de estar vivo!


Muito Obrigada Lilia pela sua entrevista ao blog.
E ai galera o que acharam?
Beijos Pão de queijo!

10 comentários:

  1. Muito bacana essa coluna sua! Adorei!
    Sucesso aqui no blog!
    beijos

    ResponderExcluir
  2. Adorei!
    Que máximo que desde os 14 ela lida com a a educação.
    Acho super importante, ainda mais que hoje temos poucos professores...
    Bjs,

    ResponderExcluir
  3. Opaa, parente! rsrs
    Sou a Wanessa Guimarães do Skoob, estou seguindo o seu blog também, é lindo! *-*

    Beijos da Nessa Guimarães para a Nana Guimarães.
    hahahahaha

    www.estanteseletiva.blogspot.com

    ResponderExcluir
  4. Gostei da nova coluna. Parabéns pela ótima idéia... Bjus
    Lia Christo
    www.docesletras.com.br

    ResponderExcluir
  5. Muito bacana a entrevista.

    http://leiturasdepaty.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  6. Adorei conhecer a professora...nossa...ela é realmente bem humorada...que pessoa incrível deve ser!!! Parabéns pela entrevista!!! beijão

    ResponderExcluir
  7. Adorei a nova coluna! Meu primeiro trabalho como professora também foi aos 14 anos... Desde então sabia qual profissão queria. rsrsrsrsrs
    Beijos...

    ResponderExcluir
  8. Adorei a nova coluna e a entrevista.
    Morri de rir com a parte: Meu filho ainda pediu que eu acrescentasse que sou bem liberal hahahahahahahahahah
    bjos

    ResponderExcluir
  9. Puxa que legal a entrevista! E eu gostei muito da coluna! Acho que as pessoas falarem de si é uma coisa que ajuda a nós mesmos e ao próximo!! Maravilha!

    ResponderExcluir