18 de março de 2012

[Resenha] Morte e vida de Charlie St.Cloud


Postado por Carol Guimarães




SINOPSE: Um coração dividido entre dois mundos. Em uma pacata vila de pescadores da Nova Inglaterra, Charlie St. Cloud cuida dos gramados e monumentos de um antigo cemitério onde seu irmão mais jovem, Sam, está enterrado. Após sobreviver ao acidente de carro que tirou a vida de seu irmão, Charlie recebe um dom extraordinário: ele consegue enxergar, conversar e até mesmo brincar com o espírito de Sam. É neste mundo místico que entra Tess Carroll, uma cativante mulher treinando para navegar sozinha ao redor do mundo em um veleiro. O destino faz com que seu barco seja apanhado por uma violenta tempestade, trazendo-a assim para a vida de Charlie. Sua bela e incomum ligação os leva a uma corrida contra o tempo e a uma escolha entre a vida e a morte, entre o passado e o futuro, entre apegar-se ou deixar o passado para trás – e a descoberta que milagres podem acontecer se nós simplesmente abrirmos nossos corações.



“Assim é a vida e a morte. Todos nós brilhamos. Você só precisa libertar seu coração, aguçar seus sentidos e prestar atenção. Uma folha, uma estrela, uma canção, um riso. Perceba as pequenas coisas, porque alguém está estendendo a mão para você. Qualcuno ti ama. Alguém o ama.” pagina 281


Morte e vida de Charlie St Cloud narra uma surpreendente história  sobre a descoberta que milagres podem acontecer.
A história começa quando a mãe de Charlie pede para ele cuidar de seu irmão mais novo,Sam,pois ela iria pegar um turno extra no hospital,no qual teria que passar a noite trabalhando.
Charlie e Sam são mais do que irmãos,são amigos e amantes de beisebol e nesse dia o irmão mais velho teve uma idéia brilhante,de levar o caçula para assistir um jogo do Red Sox,time para qual eles torcem.
Sam acaba topando e indo para o jogo,mas quando eles estão voltando para a casa um caminhão,dirigido por um motorista bêbado se choca contra o carro deles.Charlie,por um milagre,sobrevive,porém seu irmão morre.
Após o acidente Charlie ganha um dom:ele vê,sente e toca os espíritos que ainda não foram para a próxima etapa da vida e é assim que ele consegue cumprir uma promessa que fez ao seu irmão antes do acidente, de treinar beisebol todos os dias antes do pôr-do-sol.
Foi através desse dom que Charlie conhece Tess Carrol,que depois de sair com seu veleiro para o mar depara-se com uma tempestade e desaparece.
Charlie e Tess viverão uma grande amizade e mais tarde um grande amor,mas o que nenhum deles sabe é que Tess é um espírito.
Como será essa descoberta para os dois?E o que acontece com Sam?

Ben Sherwood escreve um romance único,uma estória comovente entre dois mundos e um relato esplendoroso sobre milagres.
Aprendi com Charlie que a vida proporciona segundas chances que devemos nos desprender,por mais que sofra,das pessoas quando elas morrem,para que elas vivam em paz.
Vale muito a pena ler este livro que não é tão longo, com uma linguagem super leve e com uma lição maravilhosa.

Beijos Pão de queijo!

13 comentários:

  1. Tenho o livro aki mas nunca li, acho que to esperando coragem pra ler os do Sparks e embarcar nele também, afinal parece que a escrita é parecida e tal.
    Eu já sabia de certas coisas, mas não sabia que ele se apaixonava por um fantasma, pensei que ela era normal...
    Bem, também não vi o filme mas espero ver e ler o livro em breve.
    Bj

    ResponderExcluir
  2. Tenho o livro aki mas nunca li, acho que to esperando coragem pra ler os do Sparks e embarcar nele também, afinal parece que a escrita é parecida e tal.
    Eu já sabia de certas coisas, mas não sabia que ele se apaixonava por um fantasma, pensei que ela era normal...
    Bem, também não vi o filme mas espero ver e ler o livro em breve.
    Bj

    ResponderExcluir
  3. Tenho esse livro ha seculos, mas anda nao tive a oportun~idade de ler, quero mto ver o filme tbm, adorei a resenha, bjnhs Pri

    PRI E OS LVIROS

    ResponderExcluir
  4. Concordo,a história é comovente e única. Eu me apaixonei por este livro e ele se tornou meu queridinho.
    Só vi o final do filme, mas me derreti em lágrimas, como no livro.
    bjos

    ResponderExcluir
  5. Eu vi o filme é AMEI! Então, certeza que esse livro deve ser ótimo! Comovente, como vc disse em sua resenha!
    Beijos, linda!!!

    Gleice
    www.murmuriospessoais.com

    ResponderExcluir
  6. oie... Parente *-*
    eu li o livro e amei é muito bom mesmo recomendo muito ja to seguindo
    Beijos
    Joyce - Coração de uma leitora

    ResponderExcluir
  7. Oi Carol!!!

    Não creiooooooooo!!! Que lindo abrir o blog e ver o carinho que você teve ao colocar Equinócio na coluna lateral! *abraça* Lindo!!! Obrigada!

    Bom, agora que passou um pouco o surto inicial, posso comentar a sua resenha.
    Eu vi o filme e gostei muito. Certamente ainda vou ler o livro porque a história é linda. Sem dúvida, como você bem disse, é muito comovente!

    Beijocas,

    Lu

    ResponderExcluir
  8. Oi! Que linda sua resenha!
    Eu amei esse filme/livro!
    Foi ele que me fez gostar de e.e.cumings!
    Super beijos ;*

    ResponderExcluir
  9. Oi Ana,

    Eu ainda não tenho este livro, mas tenho muita vontade de ler. As resenhas todas que já li elogiaram bastante.

    beijos

    ResponderExcluir
  10. Oi Ana,eu já tive a oportunidade de ler esse livro, e ele é realmente ótimo.

    Beijos.

    http://leiturasdepaty.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  11. Também gostei de ler este livro. Muito leve e reflexivo. Gostei da resenha! Parabéns...
    Ah, o filme também é maravilhoso! Beijos

    http://pollymomentos.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  12. Eu acho que vou chorar horrores com esse livro, parece muito bom mas ao mesmo tempo muito triste, mas em breve vou comprar ele.

    Beijos Fran - Sociedadedasleitoras.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  13. Não tenho interesse de ler esse livro :( MESMO.. com uma resenha tão linda quanto a sua.Não faz muito meu tipo.

    ResponderExcluir