2 de abril de 2012

Eu Indico da semana....


Postado por Carol Guimarães


Olá gulosos! Como vocês estão?
Bem,essa semana foi super animada e me desculpem por não ter postado nada aqui no blog o cansaço me pegou de jeito e a preguiça não permitiu eu nem abrir a internet direito.
Mas essa semana irei postar todos os dias \o/
Então vamos começar por Eu Indico?
A Editora Martin Claret lançou esse ano uma obra que vai cair no vestibular da Unicamp e da Fuvest o livro Til de José de Alencar,bem comecei a ler esse livro e meu Deus como é uma leitura detalhada e difícil!Logo Logo tem resenha para vocês aqui!
Sinopse: Publicada pela primeira vez em 1872, Til pertence, ao lado de O gaúcho, O sertanejo e O tronco do Ipê, ao regionalismo de José de Alencar e retrata o interior paulista. Nesse romance, a idealização da natureza, a narrativa leve e o subjetivismo da linguagem criam uma atmosfera suave, em que a inocência dos personagens centrais contrasta com a trama emaranhada e sanguinolenta. A beleza da natureza, tão valorizada e enaltecida pelos contemporâneos de Alencar, divide lugar com a brutalidade da realidade regional. Til é o apelido de Berta, moça “pequena, esbelta, ligeira, buliçosa” que se envolve nas mais intricadas tramas, sempre buscando ajudar os que precisam. Trata-se do ideal de heroína: doce, meiga, caridosa, mas também de coragem e impetuosidade únicas na literatura brasileira. Capaz de enfrentar jagunços, Berta não mede esforços ao buscar a realização de seus intentos. Violências, mistérios e triângulos amorosos constituem esta complicada e bela história.
Outro livro lançado pela Martin Claret é o livro Memória de um sargento de Milícias, eu amei demais esse livro,apesar de ser uma leitura difícil eu li rapidinho e super recomendo esse livro.
Sinopse: Publicado entre junho de 1852 e julho de 1853, assinado por “Um Brasileiro”, que tinha a pretensão de narrar a atribulada vida de uma criança nascida no começo do século XIX. A obra tornou-se uma das principais produções literárias do Brasil do século XIX.
A Editora Dracaena publicou o romance  Terra sem Lei de Luis Boto.
Sinopse: Ibipiranga é uma pequena cidade localizada no interior do Ceará, entre as cidades de Fortaleza e Sobral. Situada numa região extremamente árida do sertão, mais precisamente no polígono das secas, a cidade faz jus ao seu nome, que em tupi-guarani quer dizer “terra vermelha”. 

 Como uma cidadezinha do interior no inicio do século XX, Ibipiranga deveria ser um lugar extremamente pacato. 

 No entanto, trata-se de um lugar dominado pelo poder e o autoritarismo de um único homem: Carlos Lucena, um rico fazendeiro que dá as ordens na cidade, tendo em suas mãos o Prefeito e o Delegado, e ainda tendo como braço direito o cangaceiro mais temido da região, o cruel Zé Caolho.
 Após descobrir uma jazida de granito nas terras de João Silva, o qual não as vende por dinheiro nenhum, o ambicioso Carlos Lucena ordena a Zé Caolho que elimine João e toda a sua família, composta por sua esposa e cinco filhos. 
Carlos Lucena não esperava, porém, que o filho caçula de João Silva, o menino Joãozinho, de apenas dez anos, escapasse com vida daquela chacina. Dezoito anos depois, João Filho retorna para Ibipiranga em busca de uma única coisa: vingança!
 Mas o jovem vingador, além de enfrentar Zé Caolho e seu bando de jagunços, terá que enfrentar também um forte sentimento que nutre por Vivian, filha de seu grande inimigo Carlos Lucena. 
 Tem-se inicio então a um emocionante confronto de João contra seus inimigos, com batalhas de tirar o fôlego em meio ao árido sertão cearense, e ao mesmo tempo um intenso conflito de sentimentos, os quais o jovem vingador julgava estar preparado, mas que acaba sendo pego de surpresa por algo mais belo e mais puro do que ódio e vingança.
 Entre você também nessa empolgante história de aventura, romance e muita ação pelo sertão nordestino.

Dracaena também publicou o livro O vale das borboletas de Amanda Vieira.
Sinopse: Quando Heitor se muda para Crisálida, depois de escapar de perseguições enigmáticas em São Paulo, a vida de Maria Luisa também é afetada de forma inesperada. 

 Isa, como ela prefere ser chamada, acaba por se envolver pelo seu misterioso primo que passa a frequentar a mesma escola onde estuda. 

 Um amor de tirar o fôlego, uma aventura impressionante, cercada pelos mistérios do desaparecimento da fortuna de um pintor de borboletas. 
 Ele tenta protegê-la, ela coloca a sua vida em risco, uma perigosa paixão com um final que somente um detetive sagaz poderia imaginar. 
 Isa decide então confrontar o seu perseguidor, sozinha, com o coração na garganta e um tesouro em mãos. Do alto do morro do Vale das Borboletas ninguém poderá escutar o seu grito de socorro.

Agora a Editora Arqueiro lançara no dia 9/04 os seguintes livros: 6º alvo e Fogo cruzado,ambos do autor James Patterson.
Sinopse do 6º alvo: Um assassino fora de controle

Quando um homem abre fogo contra uma balsa lotada no porto de São Francisco, a tenente Lindsay Boxer é imediatamente convocada. Ao chegar ao local, ela se depara com um cenário assustador: três pessoas estão mortas e sua amiga Claire Washburn encontra-se gravemente ferida. A tenente promete a si mesma que vai colocar o criminoso atrás das grades.

O sequestro de uma criança

Trabalhando com o inspetor Richard Conklin, Lindsay consegue prender o assassino. Assim que o julgamento começa, outro caso desperta a atenção da polícia. Madison Tyler, de 5 anos, filha de um conhecido jornalista, desaparece perto de casa.

Não há tempo a perder

Enquanto Yuki Castellano tenta condenar o atirador da balsa à pena máxima, Lindsay tem que deter o sequestrador. Outras crianças foram raptadas, mas não houve pedido de resgate. Numa corrida contra o relógio, a tenente sabe que precisa encontrar os pequenos reféns antes que seja tarde.

Sinopse de Fogo cruzado: Os sinos da igreja já estão tocando

Em meio aos preparativos para seu casamento com a detetive Bree Stone, Alex Cross é chamado pelo Departamento de Homicídios de Washington para resolver o assassinato de dois dos homens mais poderosos – e corruptos – da cidade. Quando o ardiloso homicida, um atirador de elite, age novamente, exterminando outros integrantes da alta-roda, as opiniões ­ficam divididas: será que ele é um herói ou apenas um justiceiro?

Um criminoso com acesso a informações privilegiadas

A onda de mortes continua e o FBI designa o agente Max Siegel para o caso. Enquanto ele e Cross disputam quem será o responsável pela investigação, fica claro que o autor dos disparos sabe de detalhes da rotina das vítimas que só alguém que conhece o círculo íntimo delas poderia descobrir.

Alex Cross no meio do fogo cruzado

Enquanto se divide entre o franco-atirador, a rivalidade com Siegel e os planos para o casamento, o detetive recebe um telefonema de seu maior inimigo, Kyle Craig. Ele escapou da penitenciária de segurança máxima, para onde foi mandado por Cross, e não vai descansar até conseguir se vingar.

E ai pessoal gostaram das dicas?
Até mais!
Beijos Pão de queijo!


8 comentários:

  1. Nossa, esses romances brasileiros me fizeram lembrar da época em que estava terminando o Ensino Médio!!!!!! E lá se foram 12 anos!!!!!! Ê saudade!!!!!
    Mas as sinopses que mais gostei foram as duas de James Patterson. Esses livros me parecem ser daqueles que precisamos prender a respiração enquanto estamos lendo, devido ao clima de suspense que deve pairar!!!!!
    Adorei as indicações!!!!

    @_Dom_Dom

    ResponderExcluir
  2. Amei as indicações.,desses o que eu li foi o vale das borboletas e amei cada pedacinho do livro!! ^^

    Desculpa a demora em aparecer, to sem net em casa Oo

    Te promo no blog, se quizer participar..^^
    http://dailyofbooks.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Olá!
    Gostei bastante das novidades. Estou querendo ler um livro de suspense do James Patterson há um tempo já. O único que li foi O Diário de Suzana para Nicolas, que é emocionante!

    Beijos.

    ResponderExcluir
  4. Queria ler Fogo cruzado...nunca li nada do James e queria começar por esse livro mesmo. Mas vai ver se tenho grana pra comprar livro agora? É RUIM HEIM! Gente, ser pobre é um caso serio =/ :f Um assassino fora de controle também gostei. Parece ser bem bom esse livro!

    ResponderExcluir
  5. Super indicações. E eu aqui, totalmente perdida com meu salario de estagiaria.

    Selene Blanchard
    Blanc – ModaeEu.blogspot.com – TEM PROGROÇÃO COM BlackBerry

    Espero sua visita!

    ResponderExcluir
  6. Ah, vc tá lendo esses livros pelo vestibular? Eu nunca li nenhum, acho que clássico da literatura brasileira só Dom casmurro e outros que foi do vestibular e uns da escola mesmo...
    Mais livros do James Patterson, eu nunca li nada dele e essa série tá fora, a arqueiro só lançou uns e os 1° são da rocco, ai já viu, apesar de dizerem que dá pra ler numa boa eu gosto de ler na sequencia.
    Bj

    ResponderExcluir
  7. O Vale das Borboletas tem uma capa que me atrai, linda demais. Eu nunca li um livro de James Patterson, mas acho que já ta na hora de conhecê-lo. Ótimas indicações.

    http://leiturasdepaty.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  8. Opa! Vi que minha bela cidade foi citada no livro "Terra sem lei." hehe. Imagina, eu ainda nem conhecia esse livro!
    Ainda não li Til, mas está na minha listinha. Já li "Memórias de um sargento de milícias" (na 8ª série) e curti bastante. Vale a pena ler também as obras clássicas. Elas tem muito a nos oferecer! Sou suspeita, porque faço Letras. hehe
    Estou ansiosa também para ler "O vale das borboletas" e esses lançamentos do James Patterson.

    Beeijo, flor!
    @BrinaSophie

    ResponderExcluir