18 de julho de 2012

[Resenha] O Conde de Monte Cristo, volume 2


Postado por Carol Guimarães





No melhor estilo de capa e espada, numa época em que os duelos lavavam com sangue a honra do indivíduo, Alexandre Dumas soube aproveitar a sua experiência política para criar com sua genialidade literária um romance que facilmente  retrata muitos cenários políticos a que hoje presenciamos, incluindo o nosso próprio.
O conde de monte Cristo conta a história de Edmund Dantès, um jovem marinheiro que é preso na Fortaleza de IF pela inveja de uns e pela ignorância de outros.
Mas eis que nesse lugar Edmund conhece o abade Farias e com esse padre, considerado louco pelos funcionários da fortaleza, Dantès aprende sobre as artes e idiomas, além de tudo isso, o nosso jovem marinheiro recebeu em suas mãos um mapa do tesouro de Spada escondido na Ilha de Monte Cristo.
Depois de tantas tentativas, Edmond Dantès consegue escapar da prisão e ir de encontro ao tesouro.
No seu primeiro volume o leitor irá se deparar com a transformação do ingênuo Edmond para o sábio Conde de Monte Cristo.
Mas no seu segundo volume conhecemos o Conde de Monte Cristo um ser humano que além de ser vingativo é uma pessoa doce,de bom coração.No livro descobrimos que esse cara é  mestre em criar todos os disfarces e fazer todas as jogadas políticas e financeiras possíveis para arruinar a vida de cada um de seus inimigos.
“-Grande cidade! ainda não há seis meses que franqueei as suas portas. Acredito que foi Deus quem me guiou, e que agora me afasta triunfante; o segredo da minha presença nos seus muros só Deus pôde lê-lo no meu coração; só Ele sabe que me retiro sem ódio e sem orgulho, mas não sem pensar; só Ele sabe que não foi nem por causas fúteis que fiz uso do meu poder que me confiou.”-página 541
Caros leitores O conde de Monte Cristo é uma obra fantástica, no qual conhecemos o sofrimento, a vingança e sobre tudo o amor.
Não vou dizer para vocês que é um livro fácil de se ler,mas apesar de seu vocabulário dificílimo conhecemos personagens de personalidade fraca, como Villefort; muito más e traiçoeiras, como Danglars e Fernand;cruéis como Benedetto; e honestas como o o casal Morrel e Valentine.
Concerteza O conde de Monte Cristo ficará guardado entre os meus preferidos!


13 comentários:

  1. Nana
    Amei sua resenha,não li nenhum volume,mas achei interessante!
    beijos

    ResponderExcluir
  2. Sempre adorei o filme e o livro seria uma boa pedida! E mesmo tenho a aparência de livro velho, é bom saber que te agradou! Vou checar (:

    ResponderExcluir
  3. Nunca li esse livro por simplesmente achar que fosse uma história muito complicada e chata, depois dessa resenha mudei a minha opinião, acho que vou apostar nessa leitura.

    estou fazendo um concurso no meu blog, se quiser participar, entre no link:

    http://thoughts-little-princess.blogspot.com.br/2012/07/aniversario-de-um-ano-do-blog-concurso.html

    ResponderExcluir
  4. vc ja me disse tanto desse livro, que eu até to com vontade de ler só falta você sabe coragem, ja to lendo um enorme vou esperar termina-lo para depois pedir esse livro rs

    http://garotoonerd.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  5. Realmente, um livro fantástico e de um escritor fantástico. Fácil de ler? Não mesmo! Mas prazeroso e surpreendente. Excelente resenha linda!
    Beijos,
    Nica

    ResponderExcluir
  6. Adorei a resenha. conheço a história e ela está entre os meus clássicos. Vc foi muito feliz na escolha do livro. O amor e ódio são mostrados de uma maneira impar.

    ResponderExcluir
  7. Oi,

    nunca li, mas tenho vontade. Sua resenha me deixou muito curiosa!

    bjs

    ResponderExcluir
  8. Gostei muito da sua resenha Carol! Você fez uma análise hist´rica também! Isso é primordial pra uma obra do tão acalourado Alexandre Dumas. Pra mim que gosto de história é muitooooo bom!

    ResponderExcluir
  9. UAL, pelo visto é uma obra que reúne todas as minhas paixões na literatura: Sofrimento, vingança e amor! hehe Quero ler *__* nha
    Linda resenha diva, meus parabéns viu? ;)
    Lindo post, sucesso SEMPRE, beeijão :*

    Ewerton Lenildo - @Papeldeumlivro
    papeldeumlivro.blogspot.com

    ResponderExcluir
  10. Adorei a resenha! Nunca li o livro, mas já assisti a umas duas adaptações do mesmo! Mas leria sim o livro em um oportunidade que tiver! Clássicos serão sempre clássicos!

    ResponderExcluir
  11. Muito boa a resenha!
    Não sabia que tinha dois volumes!
    Já vi os filmes, e adoro a história!
    Já li tb uma versao reduzida dos livros, mas nunca a original!
    Quero muito ler! O Conde é imperdível!

    Beijos
    Rascunhos e Borrões

    ResponderExcluir
  12. Gosto muitoooo dos lançamentos da Martin! Esse livro está na minha lista de desejos por ser um CLássico! ADoroo.
    Beijocas!
    http://palomaviricio.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  13. Oi Nana :)

    Adoro "O Conde de Monte Cristo"! É um dos meus favoritos. *-*
    Ótima resenha!
    E a capa desta edição está linda.

    Beijocas.
    http://artesaliteraria.blogspot.com.br

    ResponderExcluir