31 de janeiro de 2013

[Resenha] Charlotte Street


Postado por Carol Guimarães

Olá meus queridos leitores!
E ai como passaram as férias?Divertiram bastante?Bem as minhas foram maravilhosas,pena que terminaram tão rápido...

Pois bem,li um monte de livros nessas férias e sendo assim tem muitas resenhas a serem postadas,decidi também parar com parcerias com editoras,ficarei apenas com essas que estão aqui.E terei que diminuir meu ritmo de leitura,pois agora estarei fazendo faculdade e o curso que eu vou fazer não é nada fácil,terei que ler livros e mais livros sobre leis e etc então para não abandonar a minha leitura de best-sellers resolvi ler apenas um em cada mês.
Sobre os livros das promoções,é o seguinte pessoal como estive ausente no mês de Janeiro vai demorar um pouquinho para eu enviar o livro para os ganhadores das promoções que aconteceram,desculpem a demora em enviá-los,eu não esqueci de vocês!
Mas chega de tanta falação e bora para a resenha....


Sinopse:Tudo começa com uma garota... (porque sim, sempre há uma garota...) Jason Priestley acabou de vê-la. Eles partilharam de um momento incrível e rápido de profunda possibilidade, em algum lugar da Charlotte Street. E então, em um piscar de olhos, ela partiu deixando-o, acidentalmente, segurando sua câmera descartável, com o filme de fotos completo... E agora Jason — ex-prodessor, ex-namorado, escritor e herói relutante — se depara com um dilema. Deveria tentar seguir A Garota? E se ela for A garota? Mas aquilo significaria utilizar suas únicas pistas, que estão ainda intocáveis em seu poder... É engraçado como as coisas algumas situações se desenrolam...


  

Acredito que algum dia você,caro leitor, já passou por um dia ou uma fase da vida nada fácil,aquele que a única solução que passa em sua mente é morrer,mandar tudo e todos para aquele lugar,pois é ai que seus problemas e conflitos estarão eliminados. 
É o que está acontecendo com a vida de Jason Priestly,para ele a vida não tem mais sentido depois que terminou o namoro de anos com Sarah,seu grande amor.Ex professor agora trabalha escrevendo críticas para um jornal gratuito chamado London Now.Depois do rompimento,o nosso personagem se muda para o apartamento do seu melhor amigo Dev,que se localiza em cima de uma loja de antiguidades do mundo do video games e ao lado de um lugar em que todos acham ser um bordel,mas não é.
Jason tenta,nessa mudança de vida,encontrar uma forma de resolver seus problemas e conflitos,ele está vivendo "o momento",aquele em que sua vida se transforma para sempre;é nessa fase que a pessoa pode se considerar alguém que poderá ser lembrado pela sociedade.
"Preciso parar de deixar que outras pessoas tomem decisões por mim.Preciso começar a decidir"-pág 100
Então um certo dia Jason se depara com algo que poderá ser o futuro batendo em sua porta,ele encontra uma garota atrapalhada entre suas sacolas tentando entrar no táxi,em Charlotte Street,no qual faz com que o nosso personagem fique encantado,mas não apaixonado.O que restou desse encontro?Uma câmera descartável que por engano a garota deixou cair no meio de tantas sacolas.Será que é aquele tal momento em que a pessoa deve agarrá-lo com as duas mãos?
 Leitores se você comprou Charlotte Street a fim de encontrar um romance arrebatador,desiste,pois esse livro não nos apresenta uma estória de amor romântico,aqueles que estamos acostumados a ler do Nicholas Sparks,mas sim uma estória de amor próprio.
Em Charlotte Street nos deparamos com um homem em busca da sua personalidade,com temas sobre sonhos,esperança,coragem e acima de tudo sobre perdoar,pois perdoar implica abrir possibilidades de amor para quem foi perdoado,através da doação oferecida por quem foi agravado.
Aprendi com este livro que perdoar é a única forma de facilitar ao outro a própria salvação,acredito que Danny Wallace escreveu esse livro para que as pessoas possam tomar uma decisão e enfrentar seus medos,enfrentar a vida,é nunca perder a esperança  e fé de que um dia você terá uma pessoa ao seu lado que ame da mesma intensidade que você a ama.


 As pessoas ao seu redor são você. Elas dividem a sua história. Elas podem até escrevê-la com você. E quando você perde uma, não há dúvida de que você perde uma parte sua.” – pag. 366









7 comentários:

  1. Parece ser um livro lindo. Ainda mais porque de fato ele nos ensina a perdoar o próximo.
    Estou devidamente interessado em lê-lo, mas, vi alguns pontos negativos em outras resenhas que me deixaram aflitos. Mesmo assim, só lendo mesmo pra saber o que eu vou achar
    David - Leitor Compulsivo

    ResponderExcluir
  2. Esse livro parece ser lindo, quero muito ler ele, só estou esperando o momento certo.
    http://leituramagnifica.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Oi flor,

    Como vai?

    Amei o seu blog!
    Parabéns!!!
    Ansiosa para as próximas postagens.
    Já estou fazendo parte deste cantinho tão encantador, faça-me uma visita ao meu blog e se gostar será um imenso prazer em te-lá em meu cantinho.
    http://melbernardo.blogspot.com

    Bjok@s e sucessos

    ResponderExcluir
  4. Adorei a resenha, ganhei esse livro numa promoção, ele tá aqui, vou ler.
    Seu blog é lindo, parabéns.
    Beijos.

    Gustavo Valim
    Jantando Livros
    http://jantandolivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  5. Que linda Resenha Gabi, fiquei até emocionada ^^
    Até fiquei mais animada em ler olivro, pq li tantas resenhas negativas, mais vc mostrou de uma nova forma ^^

    beijos
    http://www.dailyofbooks.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  6. Nossa o livro tem um enredo interessante.
    Charlotte Street será um romance fofo.Gostei de ter humor tipicamente britânico e sabe pela sinopse do Jason ser o protagonista,olhar uma garota,se interessar e tentar descobrir quem ela é,fiquei curiosa para acompanhar a história e descobrir e também se consegue encontrar a garota.

    ResponderExcluir
  7. Demorei muito pra terminar de ler esse livro!
    Achei a narrativa bem cansativa! Mas gostei do final!
    Achei que a história melhora muito a partir da metade!

    Adorei sei blog, já estou seguindo!

    Beijos!

    naminhaaestante.blogspot.com

    ResponderExcluir