22 de setembro de 2013

[Resenha] O Livro da Loucura e das Curas


Postado por Carol Guimarães



Sinopse: Após o desaparecimento repentino de seu pai, Gabriella Mondini enfrenta uma crise: sem o seu aconselhamento, ela não pode mais praticar a medicina. Então, junto de seus dois fiéis servos, Olmina e Lorenzo, ela explora toda a Europa para descobrir para onde — e por que — ele se foi. Seguindo pistas das ocasionais e enigmáticas cartas do pai, ela vasculha as capitais europeias expandindo os horizontes de seu mundo e acrescentando conhecimentos ao imenso livro das curas que está escrevendo. No entanto, ela não conhecerá apenas os limites físicos do continente, mas, também, os mistérios do amor, da perda e da mortalidade. Mistérios que estão no coração de cada alma viajante, especialmente na alma de seu pai.





''— Tendo em vista que faz uma década desde a partida de seu pai dessa pacata cidade, e principalmente porque ninguém soube uma palavra sequer dele nos últimos dois anos... a Guilda... o Conselho da Guilda de Médicos não vai mais apoiar sua afiliação sem o aconselhamento de seu pai. Já permitimos que isso fosse longe demais. Mulheres médicas,como a senhorita bem sabe, não são permitidas. Sinto muito. A Guilda sente muito. São ordens do Conselho. — Ele fez uma reverência decisiva para minha mãe e pediu licença."

O ano é de de 1590,ser mulher é algo extremamente difícil,ainda mais querer ser médica,é praticamente uma heresia,mas para Gabriella esse obstáculo não é nada,pois para uma mulher que perdeu tudo,ser interrompida de suas artes medicinais é praticamente chamá-la para um confronto.

Quando a Dotoressa Grabriella Mondini recebeu em sua casa o ultimato do conselho da Guilda de Médicos de Veneza de que ela não poderá mais exercer a profissão de médica sem o aconselhamento de um homem,foi algo incontestável,sem nem pensar muito,ela logo foi para o combate,pegou suas coisas e com a ajuda de seus amigos e criados foi a procura de seu pai que há 10 anos abandonou a família que saiu em busca de curas inimagináveis por uma Europa cheia de crendices e magias.

         "Aquilo que nos Fere é aquilo que nos cura."

Ler o livro da Loucura e das Curas foi algo fora de sério para mim,saber um pouco mais sobre o século XVI foi como terminar de montar o meu quebra cabeça,essa história foi a peça que eu precisava para encerrar o  caso anos 1.500.

Regina O'Melveny retrata em sua obra o que é viver no mundo dos clínicos e herboristas daquela época; um mundo onde as praças públicas exalam cheiro de corpos queimados, onde ervas exóticas destroem todos os desejos e onde doenças como a Inveja (“um verme invisível”) saem do corpo dos mortos para destruir os vivos.

Me aventurar junto com Gabriella foi uma aula de sabedoria,descobrir como vivem as pessoas,como elas lidavam com o pouco conhecimento do corpo humano foi uma das experiências mais marcantes,para mim,no mundo literário.

 Desvendar os segredos da família Mondini não foi algo muito simples para Gabriella,essa luta por conhecimento de informações foi algo desumano,em seu caminho ela perdeu pessoas que sempre ficaram ao seu lado e eis a pergunta:Valeu a pena?

Então como o belo sábio e escritor Fernando Pessoa já dizia "tudo vale a pena quando a alma não é pequena".Perder pessoas que amamos faz parte do grande poder de conhecimento,já pensou se Gabriella parasse no primeiro impasse dessa sua busca?Ela não conseguiria chegar ao final e nem muito menos descobrir esse grande mistério de sua vida.

Foco,força e fé foram as palavras mágicas que incentivaram Gabriella a chegar ao final de sua história,conseguir quebrar paradígmas e ser uma grande Médica do século XVI.

Vale muito a pena viajar com essa mulher de garra e competencia,eu sei que no começo não é fácil megulhar nessa história,mas caros leitores não desistam,no final vocês irão se surpreender.

Beijos Pão de queijo!