1 de dezembro de 2013

[Resenha] Quando o Amor vence o Ódio


Postado por Carol Guimarães


 Sinopse:Certos de que a vida não termina com a morte do corpo, os principais personagens de Quando o amor vence o ódio convivem com aparições de espíritos sofredores – e obsessores – bem como com anjos guardiões, espíritos familiares que os protegem. Na Rússia czarista, antes da Primeira Guerra Mundial e da revolução que derrubou a nobreza, Mikhail, Igor, Dimitri, Catarina e Anna são camponeses explorados que lutam para sobreviver e provar que o amor sempre vence! 


  





Shakespeare em seu pequeno texto sobre as coisas que se aprende na vida estava certo em dizer que o Amor cura todas as feridas, que essa palavrinha tão pequena pode demonstrar diversas coisas e até que o Amor vence o Ódio.

Amor e Ódio palavras que andam de mãos dadas no livro psicografado pela médium Marlene Saes,juntos eles podem fazer um estrago na vida das pessoas mas juntos podem salvar vidas.

Quando o Amor vence o Ódio nos mostra uma história que se passou na época do Império Russo,no qual temos como protagonistas camponeses que explorados lutam para sobreviver perante os obstáculos que a vida oferece.

Dimitri,Igor,Catarina e Anna essas almas que sempre estão unidas ,não importa qual é a época,dão uma bela lição de vida nesse livro.Eles demonstram o quanto que nós indivíduos podemos ser perversos e o quão que somos vingativos,que o ódio que alimentamos pode falar mais alto e acabar destruindo uma família.

Mas apesar desse ódio todo Deus nunca nos abandona,Ele nos concede todas as condições para vencer na vida.A vida pode proporcionar provas difíceis como as perdas,o abandono,a solidão,as traições,o enfraquecimento da fé,mas apesar dos pesares Deus nunca abandona o seu filho amado,pois esse filho pode estar no fundo do poço,mas esse Deus sempre estará lá do lado amparando,ajudando e dando forças,basta acreditar nele,basta colocar o orgulho de lado,se ajoelhar e pedir com fé.

Quando o Amor vence o Ódio é um livro espírita,muitos podem não gostar de ler livros desse estilo,pois para eles não existe esse mundo espiritual,mas eu posso lhes afirmar que essa obra não é apenas uma obra ditada por um espírito,é um livro que diz verdades que muitos precisam escutar,muitos que nesse mundo são como Dimitri,egoísta,no qual seu alimento principal é a inveja que só aprenderá que esse lado de vingança não é bom quando sua vida não existirá mais.

É preciso perdoar, amar o próximo, pois fracassos acontecem na vida e saber se levantar é o essencial!




Aprendi....
Aprendi que preciso escolher entre controlar meus pensamentos ou ser controlado por eles.
Que os heróis são pessoas que fazem o que acham que devem fazer naquele momento, independentemente do medo que sente.
Aprendi que perdoar exige muita prática.
Aprendi... Que nos momentos mais difíceis, a ajuda veio justamente daquela pessoa que eu achava que iria tentar piorar as coisas.
Aprendi que posso ficar furioso, tenho o direito de me irritar, mas não tenho o direito de ser cruel.
Que não é o bastante ser perdoado pelos outros, eu preciso me perdoar primeiro.
Aprendi que numa briga preciso escolher de que lado eu estou, mesmo quando não quero me envolver.
Aprendi que por mais que eu queira proteger os meus filhos, eles vão se machucar e eu também. Isso faz parte da vida.
Aprendi que as palavras de amor perdem o sentido, quando usadas sem critério.
Aprendi que certas pessoas vão embora da nossa vida de qualquer maneira, mesmo que desejemos retê-las para sempre.
William Shakespeare