1 de dezembro de 2014

[Resenha] Ligeiramente Casados


Postado por Michelle Ladislau - As Leituras da Mila

Sinopse: À beira da morte, o Capitão Percival Morris fez um último pedido a seu oficial superior: que ele levasse a notícia de seu falecimento a sua irmã e que a protegesse Custe o que custar!. Quando o honrado coronel Lorde Aidan Bedwyn chega ao Solar Ringwood para cumprir sua promessa, encontra uma propriedade próspera, administrada por Eve, uma jovem generosa e independente que não quer a proteção de homem nenhum. Porém Aidan descobre que, por causa da morte prematura do irmão, Eve perderá sua fortuna e será despejada, junto com todas as pessoas que dependem dela... a menos que cumpra uma condição deixada no testamento do pai: casar-se antes do primeiro aniversário da morte dele o que acontecerá em quatro dias. Fiel à sua promessa, o lorde propõe um casamento de conveniência para que a jovem mantenha sua herança. Após a cerimônia, ela poderá voltar para sua vida no campo e ele, para sua carreira militar. Só que o duque de Bewcastle, irmão mais velho do coronel, descobre que Aidan se casou e exige que a nova Bedwyn seja devidamente apresentada à rainha. Então os poucos dias em que ficariam juntos se transformam em semanas, até que eles começam a imaginar como seria não estarem apenas ligeiramente casados... Neste primeiro livro da série Os Bedwyns, Mary Balogh nos apresenta à família que conhece o luxo e o poder tão bem quanto a paixão e a ousadia. São três irmãos e três irmãs que, em busca do amor, beiram o escândalo e seduzem a cada página. 





A História se passa no ano de 1814, primeiramente na França e depois na  Inglaterra. Nessa época conhecemos o Coronel Lorde Aidan Bedwyn, ele é das forças armadas da Inglaterra, e após a batalha, encontra ferido seu subalterno Capitão Percival Morris. Ele já morrendo, pede ao seu superior para ir ao encontro de sua irmã Eve Morris e protegê-la,pois esta ficaria praticamente sozinha.

Mesmo não sabendo quem era a Senhorita Morris e nem ao certo onde morava, Aindan foi em busca do seu paradeiro,mas enquanto isso, conhecemos melhor  Eve Morris.

Eve estava um pouco aflita, pois ao mesmo tempo que estava com saudade do seu irmão Percival, ficava contando os dias para que seu querido e futuro noivo,John voltasse.

Enquanto não tinha notícias de John e do seu irmão, ela curtia o jardim com sua tia avó, Davy e Becky ( quem ela se responsabilizou após a morte dos pais deles), até que chega um dos seus empregados e lhe avisa que tem alguém a sua espera. Ela vai ao encontro dessa pessoa toda feliz, pois poderia ser tanto  seu irmão quanto o amado John, mas acabou se deparando com alguém que ela não conhecia.

Após o estranho se apresentar como Lorde Aidan Bedwyn,este informa a Eve que seu irmão e Capitão Percival Morris morreu na guerra e ordenou que ele viesse cuidar de sua amada irmã.


" Percy. Seu único irmão, a única pessoa que idolatrava durante a infância, que adorava desesperadamente quando moça, quando ele era rebelde, impetuoso e estava em constante conflito com o pai." Página 15



Eve é uma mulher muito forte e determinada, mas não sabia como Aidan poderia ajudá-la, mas o agradeceu, dando a entender que estava tudo certo,contudo pelas bocas de outras pessoas,ele descobre que não é bem assim e fica extremamente chateado.

Mesmo a contra gosto , para cumprir sua palavra, ele faz uma proposta a Eve, que a deixa irritada, pois ela não queria de forma alguma ter um casamento por aparências, mas infelizmente isso seria necessário, não só para o seu bem, mas para o bem de todos que viviam com ela, pois segundo o testamento do seu pai, ela perderia tudo para o seu primo asqueroso, Cécil.


"Casar-se com uma estranha era o preço da honra dele e de uma dívida a ser paga. Um casamento de conveniência - que, de qualquer modo, seria uma sentença para a vida inteira e com uma mulher que com certeza deixaria Bewcastle horrorizado caso ele um dia ouvisse falar dela." Página 58


Depois do breve e simples casamento, Aidan leva Eve para conhecer os pontos turísticos da Inglaterra, deixando-a encantada com tudo e ela de alguma forma se sentiu atraída por ele, mesmo sabendo o que a aguardava.

O irmão mais velho de Aidan, Bewcastle, descobre que seu irmão se casou e vai em busca de sua cunhada, para torná-la um dama da sociedade, mesmo contra a vontade de seu irmão e conta com a ajuda de sua tia, a marquesa de Rochester para colocá-la no caminho certo e apresentá-la a Rainha.

Após alguns acontecimentos, Eve e Aidan  ficam cada vez mais envolvidos, mas não querem falar abertamente sobre o que estão sentindo e acabam sempre brigando.

Aidan faz de tudo para que sua esposa tenha de tudo, para seu bem estar, chegando ao ponto de fazer algo que nunca havia passado pela sua cabeça e por incrível que pareça, seu irmão Bewcastle o ajudou.

Eles irão se entender? Ela se tornará uma dama a altura do Lorde Aidan? A família dele a aceitará de fato?

Eu não lembro de ter lido nada da autora antes, mas com certeza virei fã dela.

O enredo do livro é envolvente e instigante, pois a história se passa em uma época em que eu nem sonhava em nascer, mas me encantou demais.

A autora soube fazer uma mocinha, que não é tão frágil e nem tão forte, pois quando ela viu que não poderia resolver tudo sozinha, contou com a ajuda de Aidan.

Os personagens, localidades e situações foram bem explorados e desenvolvidos.

Eve, uma jovem mulher,batalhadora, com um grande coração, sofre a perda do seu irmão, do qual soube através de Aidan e nesse mesmo dia ela fica sabendo da promessa que seu irmão ordenou Aidan fazer e a partir daí sua vida se transforma.

Aidan, um homem forte, sisudo, que não costuma rir, preza muito por sua honra e faz de tudo para cumprir sua promessa e vê sua vida mudar a partir do momento em que prometeu que iria cuidar de Eve.

Contudo,um dos personagens que no começo me deixou irritada foi Bewcastle,pois ele fazia de tudo para manter sua pose, escondendo seus sentimentos através de uma máscara,tudo por causa de um título na sociedade londrina.

Enfim a narrativa do livro é dinâmica e de fácil entendimento,já a diagramação ficou simples,porém perfeita.Em relação a revisão,ficou ótima,sem nenhum erro ortográfico.


Até breve Gulosos com Ligeiramente Maliciosos!

Beijos Pão de Queijo!

15 comentários:

  1. Oi Michelle! Tudo bem?
    Aaahhh eu adoro um bom romance de época,desde que você comentou comigo sobre o lançamento dessa série,fiquei animadíssima \o/ e agora com essa resenha,fiquei curiosíssima para saber mais sobre esse casal hehehehe
    Parabéns e obrigada pela resenha Michelle.
    Beijos Pão de Queijo!

    ResponderExcluir
  2. Bom como fiz a resenha não posso falar muita coisa.
    Amei de paixão.
    Bjs

    ResponderExcluir
  3. Michelle, boa noite!
    Essa foi minha leitura fofa desse mês, adorei a história e fiquei fan da escrita de Mary Balogh.
    Adorei sua resenha, deu até aquela vontadezinha de reler o livro. Mas está recente minha leitura...rsrs. O jeito é aguardar ansiosa o lançamento do próximo volume da série.
    Beijos
    Vivi
    Razão e Resenhas

    http://vivianeblood.blogspot.com.br/2014/11/a-arte-de-guardar-os-livros-na.html

    ResponderExcluir
  4. Miii
    Esse livro parece fofo mas não é muito meu estilo, mesmo assim fiquei com uma pontinha de vontade de ler.
    Achei essa capa linda.

    Abraços
    Jéssica Rodrigues
    Blog Lilian & Jéssica

    ResponderExcluir
  5. Oie, tudo bom?
    Esse livro já está na minha lista de desejados porque amo romances históricos e essa história parece ser divertida e romântica. Além disso, já simpatizei com a protagonista que é valente e determinada.
    Beijos!
    http://livrosyviagens.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  6. uau simplesmente ameiiiii
    adorei o tema o enredo,adoro historias assim que começam com quem nao quer nata e vira romance,na verdade curto demais livros historicos,romance de epoca..adorei
    Um livro que eu gostaria de ler..
    bjs lindona
    www.zilandramakes.com.br

    ResponderExcluir
  7. Oiee ^^
    Por mais que eu ache irritantemente irritante o machismo das épocas passadas, adoro livros que se passam nesse tempo ^^ Quero muito ler esse livro, mas não é prioridade *-*
    MilkMilks
    http://shakedepalavras.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  8. Oi, flor!
    Essa é a quarta resenha que leio sobre esse livro. A primeira era tão empolgada que acabei incluindo o livro entre os que quero ler. A segunda foi negativa e me fez hesitar. A terceira foi meio-termo (o livro é bom, mas não maravilhoso). E agora percebo que esse livro está, realmente, dividindo opiniões. Gostei de saber que você gostou e a sua opinião acabou me fazendo notar que vale a pena conferir a obra. :) Então, lerei o livro, mas não estou tão ansiosa quanto estava antes… Ele pode esperar.

    Beijos, flor!
    http://www.myqueenside.blogspot.com

    ResponderExcluir
  9. Já vi resenhas negativas, mas a maioria é positiva, posso até ler um dia, mas sei lá o genero não me agrada. Pela sua resenha que é bom, mas quem sabe um dia
    http://contodeumlivro.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  10. Oi Michele, tudo bem?
    Achei o livro bem interessante, mas não faz o meu gênero, por isso nem me interesso muito. Uma coisa que admirei muito foi a capa, ela é linda. Quanto a conteúdo, não me chama a atenção.
    Abraços

    Italo T
    http://www.ler-e-ser-feliz.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  11. Oi tudo bem?
    Pena que romances de época simplesmente não me atraem em nada, quem adora é minha esposa. Com certeza vou indicar este livro pra ela pois eu sei que esse ela ainda não leu.

    Abraço,
    Diego de França
    Leitor Sagaz

    ResponderExcluir
  12. Só ouço falar bem desse livro , sou doido para ler essa coleção , gosto muito de livro nesse estilo , e sua resenha reforçou minha vontade de le-lo !

    ResponderExcluir
  13. Oi Nana.
    Tenho lido muita resenha positiva desse livro, mas apesar de adorar um romance de época, esse enredo não me atraiu. Li o primeiro capítulo e não gostei da forma como a autora escreve.
    Mesmo com todos os pontos ressaltados positivamente na resenha, eu não pretendo fazer a leitura.

    Beijos.
    Leituras da Paty

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Paty! Tudo bem?
      Primeiramente eu devo dizer que não foi a Nana que fez a resenha hehehehe
      Eu fiquei curiosa em querer ler esse livro,a Mih falou tanto desse livro que me deixou com água na boca!Eu adoro também um bom romance de época e acredita que não li nenhum atual ainda? Estou na era de Jane Austen ainda e não quero largar esse jeitinho dela escrever kkkkk
      Enfim eu até dei uma animada com a resenha da Mih,quem sabe ano que vem não me aventuro em um livros atuais desses \o/
      Beijos Pão de Queijo!

      Excluir
  14. Eu também gostei muito da narratva da autora,como você não tinha lido nada dela e apesar de achar o romance um pouco frio no início me rendi a ele,realmente o orgulho de Aidan é irritante,a pose dele que não o deixa assumir o que está realmente sentindo...

    Sou fã demais do gênero e um romance teria que ser muito ruim para não me conquistar.

    bjsss

    Apaixonadas por Livros

    ResponderExcluir